Na Imprensa

MPMG aciona prefeito de Itaúna na Justiça por improbidade administrativa

Verba para a contratação de trio elétrico durante carnaval 2017 é questionada. G1 entrou em contato com a assessoria do prefeito Neider Moreira e aguarda posicionamento.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) abriu uma Ação Civil Pública (ACP) em que acusa o prefeito de Itaúna, Neider Moreira, de improbidade administrativa. O processo é referente a atos realizados no carnaval 2017 sem aprovação prévia da Câmara Municipal.

Segunda a ação, os envolvidos “promoveram a contratação de serviços de trio elétrico para utilização por blocos carnavalescos privados, cientes da comercialização de ingressos (abadás) para que os foliões tivessem o direito de desfilar com o trio elétrico”.

Antes da realização da festa, o MPMG fez uma recomendação à Prefeitura para que enviasse o projeto o Legislativo, sugerindo, ainda, que os recursos fossem encaminhados a uma entidade que pudesse representar os carnavalescos, visto que os blocos obteriam faturamento com os desfiles, com vendas de abadás e ingressos.

Diante do não atendimento à recomendação, o MP decidiu abrir uma ACP em que aciona, além do prefeito Neider Moreira, o procurador geral do Município, Jardel Carlos Araújo, e a secretária de Educação e Cultura, Alessandra Nogueira Santos Araújo.

Também estão inseridos no processo os representantes dos blocos que se beneficiaram do recurso de R$ 77.800,00 repassados pela Prefeitura.

Na ação, é pedida a condenação dos envolvidos no ato de improbidade, a aplicação das sanções previstas no art. 12 da Lei nº 8.429/92, que prevê a perda do cargo e inabilitação por cinco anos para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou por nomeação, culminando ainda com a reparação de dano causado ao patrimônio.

A ação já foi acolhida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que já distribuiu o processo para a 1ª Vara Civil e ficará sob responsabilidade da juíza Solange Maria de Lima Oliveira.

O G1 entrou em contato com a Prefeitura de Itaúna e aguarda posicionamento. (G1)
 


Mais na Imprensa

Congresso Estadual já tem mais de 400 inscritos

 Se você ainda não fez sua inscrição, não perca mais tempo. Embora falte cerca de um mês para o início das atividades, o XIII Congresso Estadual do Ministério Público de Minas Gerais já é sucesso de público, com mais de 400 inscritos, entre ...

Projeto Mar de Lama deverá ser votado hoje

O Projeto de Lei Mar de Lama Nunca Mais, com 55 mil assinaturas, deverá ser votado hoje, às 14h, no Plenarinho IV da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, através do Substitutivo 1, 2º Turno, do PL 3676/2016, que dispõe sobre o licenciamento ...
blog-1-column2

Criada Comissão Nacional de Mulheres da Conamp

Na tarde de ontem (04), foi instalada a Comissão Nacional de Mulheres da Conamp. A promotora de Justiça, Luciana Cristina Giannasi, foi indicada pela AMMP para compor a Comissão.

Durante a reunião também foi instalada a Comissão Nacional de ...