Dicas Culturais

 
AMMP CULTURAL 16/11/2018 

Quinzenalmente, compartilhamos com você a melhor programação de exposições, peças de teatro, shows, concertos, danças e outras manifestações de arte em Belo Horizonte.

 
 
 

“O QUE ESCONDO SÓ A MIM BASTA”

16 até 25 de novembro

Casa Fiat Praça da Liberdade 10

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3289-8920

O trabalho de Miro Bampa está voltado em sempre descobrir novos materiais e novas possibilidades. Os objetos que integram a exposição “O que escondo só a mim basta”, por exemplo, são construídos com a técnica de encáustica: imagens, textos e cartas são misturados com cera de abelha em um bloco de parafina com aproximadamente 1 cm de espessura. A intenção do artista é dar a sensação de página de livros, panfletos ou cartazes, sugerindo a visão de um diário ou algo semelhante, uma forma de registro pessoal, que revela-se num processo linguístico e iconológico para a livre interpretação de suas histórias. Segundo ele, o trabalho apresentado é desenvolvido em função do imaginário. “Nada é falso, mas sim uma história a ser investigada”, conta.

Fulaninha e Dona Coisa

24 e 25 de novembro, 20h

Teatro Minas Tênis Clube Rua da Bahia, 2244 - Lourdes 

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3516-1360

 Dirigida por Daniel Herz, estrelada por Nathalia Dill, como Fulaninha, Vilma Mello, como Dona Coisa, e a participação de Leandro Castilho, a peça conta a história de Fulaninha, uma jovem com a cabeça cheia de sonhos que chega do interior para trabalhar como empregada doméstica. Dona Coisa é uma mulher moderna, independente, que prefere manter certa distância em suas relações. O encontro entre as duas mostra as dificuldades da convivência diária entre patroa e empregada. O espetáculo é uma oportunidade para discutir de forma bem-humorada a transformação nos direitos trabalhistas dos empregados domésticos.

 

A Ponte

23 de novembro até 23 de dezembro, 20h

CCBB Praça da Liberdade, 450 – Funcionários

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3431-9400

Narrativa de três irmãs separadas pela vida, que são obrigadas a se reunir para enfrentar a morte iminente de sua mãe. Louise, a mais jovem, apaixonada por uma série de TV, a quem não interessa quase nenhum diálogo para fora do mundo virtual. Teresa, a mais velha, uma freira que se isolou da família em um retiro religioso. E Agnes, a irmã do meio, uma atriz falida que deixou sua cidade natal. Neste reencontro, as três vão acabar revendo seus valores, crenças e diferenças em busca da possível reconstrução de uma célula familiar há muito tempo fragmentada.

 

Boca de Ouro

17 até 26 de novembro, 19h

CCBB Praça da Liberdade, 450 – Funcionários

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3431-9400

Boca de Ouro é um personagem suburbano que, traumatizado pela sua origem desconhecida, quer se afirmar como figura mítica. Na busca pelo poder, ele mergulha no submundo do crime e passa a ser conhecido como o Drácula de Madureira. Na cena, símbolos da cultura pop dialogam com as três versões da história contadas por D. Guigui, ex-amante do bicheiro.

Nando Reis e Anavitória Festiva da Flor – Música & Arte

24 de novembro 15h até 23h

Alphaville - Lagoa dos Ingleses

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 98263-4644

Nando Reis e Anavitória integram a programação do Festival daFlor. A festa em comemoração aos cinco anos do Jângal – uma mistura de pub e beergarden – já tem data e local marcado. Com o nome de Festival daFlor. Serão oito horas de festa com as melhores opções de gastronomia, cerveja artesanal e vinhos. 

 

Gilberto Gil - Ok, Ok, Ok

24 de novembro, 21h

Palácio das Artes Avenida Afonso Pena, 1537 - Centro 

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3236-7400

O novo projeto de Gil traz a versão antiga do cantor, com muita filosofia, poesia, reflexões e ritmos variados. O álbum mantém o conceito tropicalista, mesclando a bossa e o rock, o samba e a canção, o pop e o afoxé.

 

 

Adriana Calcanhoto - A Mulher do Pau Brasil

22 de novembro 21h

Palácio das Artes  Avenida Afonso Pena, 1537 - Centro 

Classificação: 15 anos

Mais informações pelo telefone: (31) 3236-7400

O show foi idealizado como ‘concerto-tese’, ou seja, uma conclusão da residência artística de Adriana Calcanhoto na Universidade de Coimbra, onde foi nomeada Embaixadora da Língua Portuguesa, no final de 2015. Assim como a turnê europeia, as apresentações em terras brasileiras vêm arrebatando um imenso e antenado público que se identifica com a verve modernista/tropicalista de Adriana Calcanhotto.

 

Ciclo Debussy

19 de novembro, 20h30

Fundação de Educação Artística Rua Gonçalves Dias, 320 - Funcionários 

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3226-6866

A Fundação de Educação Artística promove um ciclo de três concertos com obras de Claude Debussy, dando continuidade à homenagem iniciada em setembro, na 30ª Semana de Música de Câmara. As datas dos concertos, na Sala Sergio Magnani.

 

Diogo Nogueira

30 de novembro, 21h

Palácio das Artes  Avenida Afonso Pena, 1537 - Centro 

Classificação: 15 anos

Mais informações pelo telefone: (31) 3236-7400

Celebrando dez anos de carreira, o cantor e compositor Diogo Nogueira está na estrada com o show do novo álbum, Munduê.

 

Orquestra de Câmara Opus recebe Sá & Guarabyra

16 de novembro, 21h

Sesc Palladium Rua Rio de Janeiro, 1046 - Centro 

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3270-8100

A Orquestra de Câmara Opus sobe ao palco do grande teatro do Sesc Palladium acompanhada dos músicos Sá & Guarabyra. A dupla é convidada especial do grupo, dentro do programa “Orquestrando o Brasil”. “Neste espetáculo inédito vamos relembrar os grandes sucessos que embalaram muitas novelas e momentos importantes da música brasileira.

Ópera Dido e Eneas

20 de novembro, 21h

Cine Theatro Brasil Vallourec Rua dos Carijós, 258 – Centro

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3222-4389

A história se desenrola após o naufrágio da frota de Eneias em Cartago. O herói se apaixona por Dido, mas as bruxas, por inveja, armam um plano para separar o casal: um elfo se disfarça de Mercúrio, o mensageiro dos deuses, e diz a Eneias que Júpiter ordena que o herói volte à Itália e funde uma nova Tróia, a cidade de Roma. Transtornado, Eneias comunica à Dido a ordem dos deuses, mas que pretende desobedecer os deuses e ficar. A Rainha o convence a ir, mas devastada com a dor da partida, morre de tristeza.

 

Concertos para a Juventude

25 de novembro, 11h

Sala Minas Gerais - Rua Tenente Brito Melo, 1090

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3219-9000

 Mais informações pelo telefone: (31) 3219-9000Pegue aquele filme clássico da Sessão de Tarde que mostre uma cerimônia de graduação norte-americana e lá estará, embalando a entrada dos formandos, a primeira das cinco marchas militares de Pompa e Circunstância. Em 1901, Sir Edward Elgar a escreveu pensando, na verdade, em outro ato solene, a coroação do Rei Eduardo VII do Reino Unido, onde até hoje funciona como uma espécie de segundo hino. O sucesso nas formaturas vem desde 1905, quando Elgar foi aos Estados Unidos receber o título de doutor honorário pela Universidade de Yale e Pompa e Circunstância foi tocada na solenidade. Depois disso, foi questão de pouco tempo para que a Marcha nº 1 chegasse a outras universidades. O título da obra vem do terceiro ato da peça Otelo, de Shakespeare – "(...) Orgulho, pompa e circunstância da gloriosa guerra!".

AMMP | Associação Mineira do Ministério Público
Rua dos Timbiras, nº 2928
CEP 30.140-062 - Barro Preto
Belo Horizonte - Minas Gerais
(31) 2105-4878 / (31) 2105-4831
ammp@ammp.org.br