Dicas Culturais

 
AMMP CULTURAL 06/07/2018 

Quinzenalmente, compartilhamos com você a melhor programação de exposições, peças de teatro, shows, concertos, danças e outras manifestações de arte em Belo Horizonte.

 
 
 

Jean-Michel Basquiat

14 de julho até 27 de julho, de quarta a segunda das 9h às 21 h

Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, Praça da Liberdade

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: 31 3431-9400

Exposição retrospectiva do Basquiat (1960-1988), inédita no país, com mais de 80 quadros, desenhos e gravuras. Ele desenvolveu um estilo novo e expressivo, e tornou-se um dos destaques da retomada da pintura figurativa na década de 1980. A obra personifica o caráter de Nova Iorque nos anos 70 e 80, quando a mistura de empolgação e decadência criou um paraíso de criatividade.

O Pródigo

6 de julho, 20h

Teatro Marília, Avenida Alfredo Balena, 586 - Santa Efigênia

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3277-4697

O Pródigo traz coreografias lapidadas, que tornam a proposta do espetáculo mais evidente. Provendo uma reflexão sobre práticas e valores da vida. As coreografias trabalham as relações de amor desajustadas e inquietas. Trazendo à tona o ambiente familiar e suas tensões. Diante de uma história realista, que foi inspirada e baseada na bíblia sagrada, o público é desafiado com um toque de modernidade e ludicidade, a tecer sua análise refletiva e crítica da contemporaneidade.

 

Berenice e Soriano turnê Minas 2018

7 e 8 de julho, 11h e 16h

Teatro Francisco Nunes, Avenida Afonso Pena, 1277 – Centro

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3277-6325

A destemida Berenice sai pelo mundo em busca de seu sabiá Soriano. Sempre acompanhada de Rosa, sua boneca de pano, a menina inicia uma jornada de aventuras e descobertas sendo surpreendida por diversos personagens do cancioneiro popular brasileiro e das cantigas de roda.

 

A Jagunça

13 de julho, 20h

Teatro de Bolso Sesiminas, Rua Padre Marinho, 60 - Santa Efigênia

Classificação: 14 anos

Mais informações pelo telefone: (31) 3241-7168

Com texto e direção de Ildeu Ferreira e atuação de Michelle Ferreira, a peça se situa no sertão mineiro e conta a história de uma mulher simples que para dar conta de sua existência e sentido à sua vida após o assassinato de seu único filho se transforma em jagunça. Nesse mundo árido, a peça traz à tona a força do feminino, figura muitas vezes relegada pelo universo machista.

Lenine  Tour Lenine em Trânsito

14 de julho, 21

Palácio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1537 – Centro

Classificação:  Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3236-7400

Em Trânsito é devir, uma ode ao processo. O resultado é um repertório de canções que soam novas - sejam elas inéditas ou não – recriadas em conjunto com Jr. Tostoi, Guila, Pantico Rocha e Bruno Giorgi. Bruno ainda assina a direção musical, sendo mola essencial dessa engrenagem-organismo. Em Trânsito é, portanto, o que o próprio nome sugere. É o mar de escolhas que Lenine fez para manter-se atento ao caminho, mesmo sem saber o destino. Porque o tom é grave e o tempo é breve.

 

Lu Mattos & Fabi Metzker

6 de julho, 20h

Cine Theatro Brasil Vallourec, Rua dos Carijós, 258 – Centro

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3222-4389

Inspiradas pelo convite para participarem do Projeto Elas, Lu Mattos e Fabi Metzker se juntam para cantar grandes sucessos consagrados na voz de cantoras renomadas, que influenciaram não só suas carreiras, mas também contribuíram para a história da música mundial.

 

Tambor na Praça, com Mauricio Tizumba, Bloco Saúde e Bloco Tambor Mineiro

8 de julho, 16h

Praça Floriano Peixoto - Santa Efigênia

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 2555-5050

O projeto Tambor na Praça, ancorado por Mauricio Tizumba e acompanhado dos blocos de percussão Tambor Mineiro e Bloco Saúde, entra no clima do forró recebendo o acordeonista Everton Coroné.

Vitaly Pisarenko

10 de julho, 20h30

Teatro Minas Tênis Clube, Rua da Bahia, 2244 – Lourdes

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3516-1360

O pianista russo Vitaly Pisarenko, vencedor do 8º Concurso Internacional Franz Liszt, de Utrecht, apresenta-se na série Concertos Minas Tênis Clube. O programa traz obras de Liszt, Schubert e Debussy.

 

A Tradição da Sinfonia Austríaca

12 e 13 de julho, 20h30

Sala Minas Gerais, Rua Tenente Brito Melo, 1090 - Barro Preto

Classificação: Livre

Mais informações pelo telefone: (31) 3219-9000

Fabio Mechetti, regente
Allegro
Vivace
 
HAYDN | Sinfonia nº 96 em Ré maior, “O Milagre”
BRUCKNER | Sinfonia nº 4 em Mi bemol maior, “Romântica”
 
Incompreendido por muitos de seus compatriotas, Anton Bruckner só veio a receber reconhecimento quando o célebre regente Hans Richter estreou sua Quarta Sinfonia, mais conhecida como “Romântica”, com grande sucesso. Em sua obra, o compositor austríaco pretendeu elaborar uma síntese dos elementos essenciais da música do século XIX, a partir de Beethoven, levando a orquestra a dimensões wagnerianas. As oito sinfonias de Bruckner foram compostas numa direção oposta à de Brahms, escolhendo adotar a liberdade formal da terceira fase beethoveniana. Para muitos, esse trabalho sinfônico representa a própria personalidade do compositor, visto como um grande artista, porém de trejeitos simplórios e humildes. Com seu talento musical, Bruckner adquiriu muito cedo um sólido domínio da técnica do órgão e do contraponto. Teve um início de vida extremamente difícil, até que, em 1855, foi contratado como organista da Catedral de Linz. Prosseguiu com os estudos de Composição e mais tarde conseguiu ser nomeado como organista da Capela da Corte de Viena. Foi na capital austríaca que Bruckner criou a maior parte de suas sinfonias, incluindo a Quarta, que não só lhe deu fama no período como, eventualmente, se tornou uma de suas obras mais populares.

 

AMMP | Associação Mineira do Ministério Público
Rua dos Timbiras, nº 2928
CEP 30.140-062 - Barro Preto
Belo Horizonte - Minas Gerais
(31) 2105-4878 / (31) 2105-4831
ammp@ammp.org.br